terça-feira, 21 de junho de 2016

“Sete Lagoas é Show” confirma apresentações de O Rappa e Flávio Renegado

Fotos: Gabriel Wickbold (O Rappa) e Daryan Dornelles (Flávio Renegado)
Evento acontece no dia 02 de julho no estacionamento do Shopping Sete Lagoas
O projeto “Sete Lagoas é Show”, que já havia confirmado o show da banda O Rappa, anuncia mais uma atração: o rapper Flávio Renegado. No dia 2 de julho, sábado, a partir das 22h, o estacionamento do Shopping Sete Lagoas (Av. Otávio Campêlo Ribeiro, 2801 – Eldorado, Sete Lagoas, Minas Gerais) será palco para os dois grandes shows que contam com a realização das empresas Renatinho Pé da Vaca, Tim Soier Promoções e Malab.
O Rappa
Após turnê que acumulou dois Lollapaloozas e shows pelo Brasil, O Rappa está na estrada para apresentar “Nunca Tem Fim…”, seu mais recente trabalho que foi indicado ao Grammy Latino. Neste álbum, O Rappa sonoriza a força que o brasileiro emprega em seu dia a dia, em cada uma de suas batalhas. Em terras tão arredias com os que mais precisam, soa como uma feliz teimosia. Feito isso, estabelece fé e esperança como balizas, que espelham um caminho que se percorre sempre pra frente, guiado por um norte de positividade, de dias melhores.
Para vestir esses sentimentos, melodias esculpidas em dub, reggae, rock e hip hop. O denominador comum desses sons é o DNA d’O Rappa, que costura esses elementos com novos acessórios, como solos de guitarras mais presentes, loops e programações variadas, metais e timbres até então não explorados e até uma menção a um clássico de Bebeto, maestro do samba-rock.
O resultado dá seu cartão de visita na faixa de abertura, o poderoso dub “O horizonte é logo ali”, mas também dá as cartas no compasso reggae de “Boa noite, Xangô”.  E como sempre fez, O Rappa olha para as mesmas terras arredias, as ruas de qualquer cidade, para tirar sua poesia, como na provocativa “Doutor, sim senhor!”, e também em “Sequência terminal” e “Vida rasteja” (que carrega versos intimamente ligados aos protestos que se espalharam pelo país: “a máquina desgovernada consome a vontade de ficar na paz; orgasmo de raiva, e a vida aqui vale muito mais”).
Os dois primeiros singles, que já davam amostra do que vinha por aí, foram muito bem recebidos pelo público. “Anjos (Pra quem tem Fé)”, tem mais de 13 milhões de views no YouTube e, assim como “Auto-reverse”, o segundo single, ocupou a posição das mais vendidas no iTunes.
Com essa bagagem, O Rappa reencontra a estrada com a turnê “Nunca Tem Fim…”. O cenário utiliza containers como telas para projeções mapeadas, tecnologia que permite o total controle das imagens. Fruto de um trabalho conjunto de direção de arte da DUO2, que já criou para os palcos de Ozzy Osbourne e Rod Stewart, e Cassio Amarante, que já assinou a direção de arte de filmes como “Central do Brasil”, “Som e Fúria” e “O Ano Em Que Meus Pais Saíram de Férias”, o palco é uma experiência expandida da apresentação da banda. São imagens que orbitam o universo d’O Rappa e mesclam com maestria poesia e crítica social, como o que é visto num provocativo game que procura por Amarildo, ajudante de pedreiro desaparecido na Favela da Rocinha, Rio de Janeiro. O arremate fica por conta da iluminação concebida por Danny Nolan, que tem em seu vasto currículo shows como os dos 30 anos do The Police.
No repertório das apresentações, as novas músicas dividem o palco com os clássicos de 20 anos de estrada.

Flávio Renegado
Flávio Renegado é um artista que desde o início da carreira parecia prever que suas músicas percorreriam o mundo. Nascido e criado na comunidade do Alto Vera Cruz, em Belo Horizonte, ganhou prêmios como o de “artista revelação” (no prêmio Hutúz) e “Destaque do ano” (no prêmio Contigo MPB FM), circulou pelo Brasil, Europa, Oceania e todas as Américas, concluindo um ciclo ao se apresentar em Nova York em pleno Central Park, no festival Summer Stage.
Deu o nome de “Do Oiapoque a Nova York” a seu primeiro CD, lançado no fim de 2008, quando apresentou ao público sua mistura de hip hop com ritmos brasileiros, latinos e jamaicanos. As primeiras turnês internacionais foram cruciais para que o espírito cosmopolita de Flávio Renegado aflorasse e resultasse em seu segundo CD, “Minha tribo é o mundo”. Lançado em novembro de 2011, também em vinil, o álbum apresenta uma sonoridade mais urbana e influenciada pela multiplicidade dos movimentos sonoros contemporâneos. Sem se prender a limites geográficos, sua música dialoga com batidas africanas, ritmos caribenhos, texturas do hip hop norte-americano, a energia da música eletrônica e a malandragem do samba.
Em 2012, o artista fez mais uma turnê europeia (incluindo uma residência artística na Inglaterra junto a jovens criadores de diferentes partes do mundo). Em setembro de 2013, se apresentou no Rock In Rio, partindo, pouco tempo depois, para uma temporada em Nova York. Em 2014, lançou seu primeiro DVD ao vivo, gravado em Belo Horizonte com direção artística e cenografia de Gringo Cardia, direção musical de Liminha e Kassin, direção de vídeo de Joana Mazzucchelli e participações de Rogério Flausino (Jota Quest), e Meninas de Sinhá.
Em 2015, lançou um EP composto de 7 faixas, intitulado “Relatos de um Conflito Particular”. Com participações de Alexandre Carlo (Natiruts) e Samuel Rosa (Skank), Flávio Renegado emerge em seus conflitos relacionados aos 7 pecados capitais, lançou o vídeo clipe 360º – Só mais um dia, o primeiro do Brasil e em dezembro lançou o videoclipe da faixa “Redenção” todos os dois direção de Erich Batista e Flávio Renegado. Já neste ano, Flávio Renegado fez uma tour na Bahia e um web doc que sairá ainda este semestre. O artista segue trabalhando em novas músicas para lançar seu CD com as 7 virtudes e os 7 pecados em julho. O single “Corda Bamba” já está disponível em todas as plataformas digitais, lançado pela Som Livre.
Sobre o projeto Sete Lagoas é Show
O “Sete Lagoas é Show” é um ousado projeto de entretenimento e lazer para a cidade que contempla shows, festivais, apresentações musicais dentre outros, realizados no estacionamento do Shopping Sete Lagoas. O espaço de 7 mil metros quadrados recebe uma estrutura completa para abrigar as atrações e um público de até 8 mil pessoas, com banheiros, iluminação e segurança. Já foram realizados dois eventos pelo projeto: Gusttavo Lima, com abertura do DJ Geminix e a dupla Alan e Alex, e  Bruna Viola com abertura da dupla Trovoada Caipira.
Serviço:
Sete Lagoas é Show – O Rappa e Flávio Renegado
Local: Estacionamento Shopping Sete Lagoas  – (Av. Otávio Campêlo Ribeiro, 2801 – Eldorado, Sete Lagoas, Minas Gerais).
Data: 02 de Julho – sábado
Abertura dos portões: 20h
Início dos shows: 22h
Ingressos:
Pista: R$ 40 (meia) | R$ 80 (inteira)
Área VIP: R$ 60 (meia) | R$ 120 (inteira)
Camarote open bar: R$ 140
Os valores podem mudar sem aviso prévio
Vendas:
Central dos Eventos Sete Lagoas – Shopping Sete Lagoas – Av. Otávio Campêlo Ribeiro, 2801
Point Celular Paraopeba  – Rua Bernardo Mascarenhas, 12, Paraopeba, MG
Classificação etária: 16 anos
Mais informações : 31. 99785 1926
Realização: Renatinho Pé da Vaca, Tim Soier Promoções e Malab
Assessoria de Imprensa: Grupo Balo de Comunicação – www.grupobalo.com

Heberton Lopes – hlopes@grupobalo.com – (31) 3077 0606 | (31) 98988 7616