terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Orquestras do Projeto “Música nas Escolas” participam do Natal Solidário do Bairro das Indústrias

Foto: Glaucia Rodrigues

Além de beneficiar os jovens participantes do Projeto Música nas Escolas, a iniciativa também leva cultura e música à população. As Orquestras Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, e Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho se apresentam no Natal Solidário do Bairro das Indústrias (Avenida Presidente Costa e Silva, esquina com Avenida Catulo da Paixão Cearense, Bairro das Indústrias, Belo Horizonte, MG). O evento será no dia 18 de dezembro, às 11h, e contará com rua de lazer, intervenções cênicas e circenses, shows de artistas regionais e a esperada presença do Papai Noel.

Regidos pelo maestro Rogério Vieira, os músicos tocam instrumentos de cordas, sopros e percussão, como violinos, violoncelos, trompetes, oboés, flautas, percussão, entre outros. O projeto foi idealizado e produzido pela Imago Mundi Cultural, que tem à frente José Roberto Alvarenga e José Roberto Lages. O objetivo do Música nas Escolas é incentivar e investir na formação musical de crianças e adolescentes, de oito a 20 anos, estudantes de escolas públicas, moradores da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ao ingressarem no projeto, eles participam de aulas diárias e gratuitas de instrumento musical à sua escolha. As aulas são ministradas por 15 professores contratados da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, que os aproximam do universo da música erudita e popular.

Patrocinado pela V&M do Brasil, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, o projeto coordena três núcleos de música: a Orquestra Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, cujas aulas ocorrem nas salas de auditório da Fundação Sidertube, no Barreiro; a Orquestra Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho, no Bairro das Indústrias, com aulas na sede da escola; e o Grupo de Câmara, formado por integrantes das duas orquestras que, além do repertório clássico e erudito, se apresenta também com um repertório de músicas folclóricas e infantis, que é sempre bem recebido pela plateia.
Serviço:
PROJETO MÚSICA NAS ESCOLAS NO NATAL SOLIDÁRIO DO BAIRRO DAS INDÚSTRIAS
Dia 18 de dezembro – Domingo- 11h
Av. Presidente Costa e Silva, esquina com Av. Catulo da Paixão Cearense, Bairro das Indústrias, Belo Horizonte, MG.
Mais informações: (31) 3361 2575

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação
(31) 3274-8907

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Projeto “Música nas Escolas” se apresenta na formatura do PROERD de Itabirito


O espetáculo será dia 3 de dezembro na Escola Estadual Queiroz Junior

O Projeto Música nas Escolas volta a Itabirito. Desta vez, as Orquestras Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, e Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho, se apresentam na formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD)  dia 3 de dezembro (sábado), às 14h, na Escola Estadual Engenheiro Queiroz Junior (Av. Queiroz Júnior, 1675, bairro Santo Antônio, Itabirito, MG).

O PROERD é uma iniciativa da Polícia Militar de Minas Gerais, desenvolvida em parceria com as escolas das redes estadual, municipal e particular de ensino, As aulas são ministradas por policiais militares fardados, que ensinam as crianças como reforçar a auto-estima, lidar com as tensões, resistir às pressões do ambiente, além de aprimorar o espírito de cidadania. Ao final do Programa, é realizada uma solenidade de formatura, com as presenças dos pais, professores e representantes da comunidade, oportunidade em que os alunos recebem um certificado de participação e se comprometem a ficar longe das drogas e da violência. 

Regidos pelo maestro Rogério Vieira, os músicos tocam instrumentos de cordas, sopros e percussão, como violinos, violoncelos, trompetes, oboés, flautas, percussão, entre outros. O projeto foi idealizado e produzido pela Imago Mundi Cultural, que tem à frente José Roberto Alvarenga e José Roberto Lages. O objetivo do Música nas Escolas é incentivar e investir na formação musical de crianças e adolescentes, de oito a 20 anos, estudantes de escolas públicas, moradores da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ao ingressarem no projeto, eles participam de aulas diárias e gratuitas de instrumento musical à sua escolha. As aulas são ministradas por 15 professores contratados da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, que os aproximam do universo da música erudita e popular.

O projeto coordena três núcleos de música: a Orquestra Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, cujas aulas ocorrem nas salas de auditório da Fundação Sidertube, no Barreiro; a Orquestra Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho, no Bairro das Indústrias, com aulas na sede da escola; e o Grupo de Câmara, formado por integrantes das duas orquestras que, além do repertório clássico e erudito, se apresenta também com um repertório de músicas folclóricas e infantis que é sempre bem recebido pela plateia.

Além de aprender a tocar diversos instrumentos, os alunos se apresentam em eventos culturais, escolas, creches, hospitais, metrôs e praças da capital e do interior de Minas Gerais. Depois de anos estudando e respirando música, esses jovens estão capacitados profissionalmente e prontos para entrar no mercado de trabalho. Muitos passam a tocar em casamentos e festas, e, ainda de acordo com José Roberto Alvarenga outros acabam por integrar o Grupo de Câmara.

Serviço:
PROJETO MÚSICA NAS ESCOLAS NA FORMATURA DO PROERD
Dia 03 de dezembro – Sábado- 14h
Escola Estadual Engenheiro Queiroz Junior
Av. Queiroz Júnior, 1675, bairro Santo Antônio, Itabirito, MG.

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação
(31) 3274-8907
Christina Lima (31)9981-4897/christina@christinalima.com.br
Heberton Lopes (31)9775-8907/heberton@christinalima.com.br

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Grupo de Câmara do Projeto “Música nas Escolas” se apresenta no Dia Mundial de Luta contra a AIDS



O espetáculo será dia 1 de dezembro no Hospital Eduardo de Menezes

O Projeto Música nas Escolas se engaja na luta contra a AIDS. Os integrantes das Orquestras Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, e Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho, se apresentam no dia 1 de dezembro (quinta-feira), às 16h, no Hospital Eduardo de Menezes (Av. Dr. Cristiano Rezende, 2213, Bairro Bonsucesso, Belo Horizonte).

Com o tema “Todos Somos Vulneráveis”, a programação do Dia Mundial de Luta contra a AIDS começa às 14h, com palestras educativas sobre o preconceito, a importância da prevenção e tratamento da doença e formas de contágio do vírus HIV. Às 16h, o Grupo de Câmara do Projeto Música nas Escolas fecha as atividades com chave de ouro.

O repertório do Grupo de Câmara é definido de acordo com o público. Para as crianças, são apresentadas canções folclóricas infantis, como Samba Lelê, Terezinha de Jesus, Escravos de Jó, entre outros. Quando o público é adulto, são mescladas músicas eruditas e populares.

Regidos pelo maestro Rogério Vieira, os músicos tocam instrumentos de cordas, sopros e percussão, como violinos, violoncelos, trompetes, oboés, flautas, percussão, entre outros. O projeto foi idealizado e produzido pela Imago Mundi Cultural, que tem à frente José Roberto Alvarenga e José Roberto Lages. O objetivo do Música nas Escolas é incentivar e investir na formação musical de crianças e adolescentes, de oito a 20 anos, estudantes de escolas públicas, moradores da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ao ingressarem no projeto, eles participam de aulas diárias e gratuitas de instrumento musical à sua escolha. As aulas são ministradas por 15 professores contratados da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, que os aproximam do universo da música erudita e popular.

O projeto coordena três núcleos de música: a Orquestra Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, cujas aulas ocorrem nas salas de auditório da Fundação Sidertube, no Barreiro; a Orquestra Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho, no Bairro das Indústrias, com aulas na sede da escola; e o Grupo de Câmara, formado por integrantes das duas orquestras que, além do repertório clássico e erudito, se apresenta também com um repertório de músicas folclóricas e infantis que é sempre bem recebido pela plateia.

Além de aprender a tocar diversos instrumentos, os alunos se apresentam em eventos culturais, escolas, creches, hospitais, metrôs e praças da capital e do interior de Minas Gerais. Depois de anos estudando e respirando música, esses jovens estão capacitados profissionalmente e prontos para entrar no mercado de trabalho. Muitos passam a tocar em casamentos e festas, e, ainda de acordo com José Roberto Alvarenga outros acabam por integrar o Grupo de Câmara.

Serviço:
GRUPO DE CÂMARA DO PROJETO MÚSICA NAS ESCOLAS NO DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A AIDS
Dia 01 de dezembro – Quinta-feira- 16h
Hospital Eduardo de Menezes
Av. Dr. Cristiano Rezende 2213, Bairro Bonsucesso.

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação 
(31) 3274-8907

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

“Choro de Mar” revela Gabriel Rocha

Promissor cantor e compositor mineiro promove audição do seu primeiro CD no dia 30 de novembro, em BH


No dia 30 de novembro (quarta-feira), a partir das 19h30, o cantor e compositor mineiro Gabriel Rocha estará na Status Esporte Cultura e Arte (Av. Getúlio Vargas, 1238 – Savassi) promovendo noite de autógrafos e audição do seu primeiro CD “Choro de Mar”.

 Em 10 faixas autorais, o jovem autor propõe fusões de diferentes tradições, onde manifesta algumas das mais representativas vertentes da música brasileira: samba, bossa nova, tropicália, xote e, claro, o precioso legado dos conterrâneos do Clube da Esquina.

Com produção e arranjos de Robertinho Brant, “Choro de Mar” conta com um time de primeira linha de músicos mineiros: Célio Balona, Lincoln Cheib, Enéias Xavier, Guilherme Monteiro, Adriano Campagnani, Ricardo Fiúza, Tatá Spalla, Chico Amaral e Lenis Rino; além das cantoras Carla Villar e Mariana Nunes nos backing vocais.

O “trio Skank” de metais Paulo Márcio (trompete), Pedro Aristides (trombone) e Vinicius Augustos (sax barítono), estão na faixa “Tua Direção”, que conta ainda com a luxuosa presença de Chico Amaral no sax tenor. Os arranjos executados pelo naipe afiado têm assinatura do craque mineiro Renato Goulart.

José Lourenço, maestro do Tremendão Erasmo Carlos, comparece nos teclados em “Choro de Mar”, faixa título do cd que tem ainda a participação de Beto Guedes.
O CD conta ainda com as especialíssimas participações de Marcela Mangabeira (na canção new bossa “Depois de Você”) e Ângela Rô Rô (que canta o bolero-blues “Há Controvérsia”).
“Choro de Mar” tem produção executiva de Cláudio Rocha e foi realizado através da Lei Rouanet, com patrocínio da Cemig e BB Seguro Auto. O evento de lançamento acontecerá no dia 30 de novembro, em noite de autógrafos no Status Esportes Cultura e Arte, que fica na Avenida Getúlio Vargas, 1.238, com entrada também pela Rua Tomé de Souza, 831, Savassi.
Quem quiser, já pode conferir duas das faixas (“Choro de Mar” e “Depois de Você”) no endereço: www.myspace.com/gabrielrochabr.

Gabriel Rocha
Gabriel Silva Rocha de Oliveira nasceu em Belo Horizonte, MG, no dia 25 de agosto de 1978. Suas primeiras vivências com a música foram ainda aos 6 anos de idade, na “Música de Minas Escola Livre”, instituição de ensino da música fundada por Milton Nascimento na década de 80. Depois, de 1996 a 2001, foi integrante de bandas de rock na capital mineira, apresentando-se em casas noturnas de Belo Horizonte e interior do estado. De lá pra cá, desenvolveu sólido trabalho de composição com referência na música popular brasileira, buscando fazer uma releitura contemporânea de suas diversas vertentes. Gabriel Rocha também é programador na Rádio Guarani FM de Belo Horizonte, onde produz faixas de programação musical e programas especiais sobre a MPB, assim como pesquisa de seu vasto acervo.

Outras informações pelos fones: (31) 3227 2122 ou (31) 9974 4217

Assessoria de Imprensa: (31) 3274 8907 

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Grupo de Câmara do Projeto “Música nas Escolas” se apresenta para crianças

O espetáculo será no dia 18 de novembro e contará com a apresentação de canções folclóricas infantis como Samba Lelê e Escravos de Jó

Foto: Glaucia Rodrigues
O Projeto Música nas Escolas segue com mais apresentações agendadas para Belo Horizonte e região metropolitana. O Grupo de Câmara, formado por elementos das Orquestras Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, e Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho, se apresenta no dia 18 de novembro (sexta-feira), às 17h30, para os alunos da Escola Municipal Pedro Aleixo (Rua Menelick de Carvalho, 255, bairro Flávio Marques Lisboa - BH). Regidos pelo maestro Rogério Vieira, os músicos tocam instrumentos de cordas, sopros e percussão, como violinos, violoncelos, trompetes, oboés, flautas, percussão, entre outros.

O repertório do Grupo de Câmara é escolhido de acordo com o público. Para as crianças, os músicos apresentam canções folclóricas infantis, como Samba Lelê, Terezinha de Jesus, Escravos de Jó, entre outros. Quando o público é adulto, são mescladas músicas eruditas e populares.

Idealizado e produzido pela Imago Mundi Cultural, que tem à frente José Roberto Alvarenga e José Roberto Lages, o Música nas Escolas incentiva e investe na formação musical de crianças e adolescentes, de oito a 20 anos, estudantes de escolas públicas, moradores da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ao ingressarem no projeto, eles participam de aulas diárias e gratuitas de instrumento musical à sua escolha. As aulas são ministradas por 15 professores contratados da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, que os aproximam do universo da música erudita e popular.

O projeto coordena três núcleos de música: a Orquestra Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, cujas aulas ocorrem nas salas de auditório da Fundação Sidertube, no Barreiro; a Orquestra Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho, no Bairro das Indústrias, com aulas na sede da escola; e o Grupo de Câmara, formado por integrantes das duas orquestras que, além do repertório clássico e erudito, se apresenta também com um repertório de músicas folclóricas e infantis que é sempre bem recebido pela plateia.

Além de aprender a tocar diversos instrumentos, os alunos se apresentam em eventos culturais, escolas, creches, hospitais, metrôs e praças da capital e do interior de Minas Gerais. Depois de anos estudando e respirando música, esses jovens estão capacitados profissionalmente e prontos para entrar no mercado de trabalho. Muitos passam a tocar em casamentos e festas, e, ainda de acordo com José Roberto Alvarenga outros acabam por integrar o Grupo de Câmara.

Apresentações agendadas:
GRUPO DE CÂMARA
Dia 18 de novembro – Sexta-feira -17h30
Escola Municipal Pedro Aleixo
Rua Menelick de Carvalho 255, Bairro Flávio Marques Lisboa.

ORQUESTRAS:
Orquestras Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, e Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho.
Dia 26 de novembro – Sábado  -15h30.
ITABIRITO – Festival de Música das Escolas Municipais – Cine Teatro PAX.

GRUPO DE CÂMARA
Dia 01 de dezembro – Quinta-feira- 14h
Hospital Eduardo de Menezes
Av. Dr. Cristiano Rezende 2213, Bairro Bonsucesso.
Dia de luta contra a AIDS.

ORQUESTRAS:
Orquestras Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, e Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho.
Dia 03 de dezembro – Sábado – 09h30
ITABIRITO – E. E. Engenheiro Queiroz Junior.
Formatura do PROERD – Programa de Erradicação das Drogas

GRUPO DE CÂMARA
Dia 09 de dezembro – Sexta-feira – 17h
Praça Domingos Gatti – Barreiro.
Natal Ecológico – Promoção da PBH – Regional Barreiro

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação
(31) 3274-8907

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Zezé Di Camargo e Luciano comemoram 20 ANOS DE SUCESSO em BH


Dupla apresenta show inédito dia 3 de dezembro no Chevrolet Hall

Zezé Di Camargo e Luciano, uma das duplas sertanejas mais adoradas pelo público, voltam à BH no dia 3 de dezembro (sábado), às 22h30, no Chevrolet Hall (Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 - Savassi - Belo Horizonte). A Tim Soier Promoções de Eventos é a responsável pela produção local deste super show que comemora os 20 anos de carreira da dupla.

O repertório faz uma viagem no tempo, com músicas marcantes destas duas décadas de estrada. O público irá cantar e dançar ao som de um repertório selecionado criteriosamente por Zezé e Luciano. Em clima de nostalgia, estão no set list as músicas: "Pra Mudar a minha vida", "Menina Veneno", "Toma Juízo", "Preciso ser amado", "Na Hora H", "Vem ficar comigo", "A ferro e fogo", "Antes de voltar pra casa", "Coração está em pedaços", "Na hora H", "Saudade Bandida","Como um anjo", "Sem medo de ser feliz", "Saudade","Mexe que é bom", "Pão de mel" e "Galera felicidade". Das mais atuais, tem "Tapa na Cara", "Ainda Ontem Chorei de saudade" / "Telefone Mudo", "Tão linda e tão louca" e "Mentes tão bem" (música tema do personagem de Murilo Rosa em "Araguaia", da Globo), sendo a mais executada nas rádios de todo o Brasil, segundo pesquisa do Datafolha.

"Quero esquentar a galera e reunir músicas que marcaram nossa trajetória de20 anos. Serão 24 no total. Durante o show, também pediremos ao público, num momento bem interativo, que eleja algumas canções. Claro que também mostraremos hits atuais. Cantaremos de tudo, pegaremos o violão para relembrar só sucessos", afirma Zezé Di Camargo.

Luciano por sua vez garante que, além do clima interativo com a plateia, a tecnologia vai tomar conta do palco. "Mostraremos um show mais renovado, com muitos arranjos abastecidos por teclados, baixos, guitarras e baterias. Está mais moderno. Cantamos algumas músicas do novo CD e também revisitamos músicas do início de nossa carreira, mas com arranjos mais modernos", adianta.

No palco, uma megaestrutura e muitas surpresas para os fãs. Imagens em alta definição sincronizadas com os artistas proporcionarão um espetáculo para o público. A contagem regressiva para o show contará com "No Dia em Que Saí de Casa", música que leva o mais avisado dos espectadores à comoção em "2 Filhos de Francisco", o filme que atraiu quase seis milhões ao cinema em 2005, tendo a história dos irmãos de Pirenópolis em foco. E, claro, embrião de todas essas crias, "É o Amor" faz papel de quase epílogo do show, antecedendo "Você Vai Ver", em novo e "estiloso" arranjo.

Do dia em que saí de casa pra cá...

São 21 álbuns e 35 milhões de cópias vendidas (sendo 18 de carreira, dois em espanhol e um duplo ao vivo). A dupla coleciona três estatuetas de Grammy Latino por Melhor Álbum de Música Sertaneja (2004) e por Melhor Álbum de Música Romântica (2005 e 2010). Ainda em 2004, foram premiados pela Academia Brasileira de Letras como Melhor Dupla.  Além disso, os irmãos receberam 4 troféus na categoria de Melhor Dupla de Canção Popular, do Prêmio Tim de Música (2006, 2007 e 2009) e outros dois por 2010 e 2011, quando a contemplação passou a se chamar Prêmio da Música Brasileira. Em pesquisa encomendada pelo Instituto da Cidadania e pela Fundação Perseu Abramo em 2004 para traçar o perfil da juventude brasileira, Zezé e Luciano foram apontados como os artistas preferidos dos entrevistados entre 15 e 24 anos. Em julho de 2007, estudo do Datafolha indicou Zezé Di Camargo e Luciano como os artistas mais populares e mais escutados do Brasil. E em julho de 2011, de acordo com o DataFolha, eles foram considerados os artistas preferidos pelo público no Estado de São Paulo.

Serviço
Zezé Di Camargo e Luciano - show 20 ANOS DE SUCESSO

Data: 03 de dezembro (sábado)

Horário: 22h30

Local: Arena Chevrolet Hall (Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 - Savassi - Belo Horizonte)

Valores dos Ingressos:
Setor mesas para 04 pessoas (Open Bar: Whisky Johnnie Walker Red Label, Espumante Rosé, Cerveja, Água e Refrigerante.
Lote 01: R$1.280,00
Lote 02: A definir

Pista/Arquibancada
1º Lote: Inteira R$70,00 / meia R$35,00
2º Lote: Inteira R$80,00 / meia R$40,00
3º Lote: Inteira R$90,00 / meia R$45,00
4º Lote: A definir

Pontos de venda:
Bilheterias do Chevrolet Hall (Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 - Savassi - Belo Horizonte)
Tickets for Fun – www.ticketsforfun.com.br

Classificação: 16 anos – haverá venda de bebidas alcoólicas

Informações para o público: (31) 3209-8989

Assessoria de imprensa: CL Assessoria em Comunicação – (31) 3274-8907

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

“Música nas Escolas” se apresenta nesta semana em Belo Horizonte

Projeto leva formação musical a jovens carentes

O Projeto Música nas Escolas, com a Orquestra Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho e o Grupo de Câmara, se apresenta nos dias 21 e 22 de outubro na capital mineira. Regidas pelo maestro Rogério Vieira, todas são compostas por instrumentos de cordas, sopros e percussão, como violinos, violoncelos, trompetes, oboés, flautas, percussão, entre outros.

No dia 21 de outubro (sexta-feira), às 18h, o grupo se apresenta no encerramento do 8º Seminário Aberto de Responsabilidade Social Empresarial
em Minas Gerais, que será realizado no Hotel Ouro Minas (Avenida. Cristiano Machado, 4001 - Belo Horizonte/MG). No dia 22 de outubro (sábado), às 14h30, a apresentação será no 5º Seminário de Melhores Práticas em Gestão Educacional, no Minascentro (Avenida Augusto de Lima, 785 – Centro – Belo Horizonte)

O repertório contém composições eruditas e populares como, Marcha Turca e Ode à Alegria, de Beethoven, Valsa em Dó, de Mozart, Danúbio Azul, de Strauss, Rondo, de Purcell, Asa Branca, de Luiz Gonzaga, e mais. Já o Grupo de Câmara se dedica a apresentar músicas folclóricas infantis. 

Idealizado e produzido pela Imago Mundi Cultural, que tem à frente José Roberto Alvarenga e José Roberto Lages, o Música nas Escolas incentiva e investe na formação musical de crianças e adolescentes, de oito a 20 anos, estudantes de escolas públicas, moradores da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ao ingressarem no projeto, eles participam de aulas diárias e gratuitas de instrumento musical à sua escolha. As aulas são ministradas por 15 professores contratados da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, que os aproximam do universo da música erudita e popular.

O projeto coordena três núcleos de música: a Orquestra Jovem V&M do Brasil e Comunidade do Barreiro, cujas aulas ocorrem nas salas de auditório da Fundação Sidertube, no Barreiro; a Orquestra Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho, no Bairro das Indústrias, com aulas na sede da escola; e o Grupo de Câmara, formado por integrantes das duas orquestras que, além do repertório clássico e erudito, se apresenta também com um repertório de músicas folclóricas e infantis que é sempre bem recebido pela plateia.

Além de aprender a tocar diversos instrumentos, os alunos se apresentam em eventos culturais, escolas, creches, hospitais, metrôs e praças da capital e do interior de Minas Gerais. Depois de anos estudando e respirando música, esses jovens estão capacitados profissionalmente e prontos para entrar no mercado de trabalho. Muitos passam a tocar em casamentos e festas, e, ainda de acordo com José Roberto Alvarenga outros acabam por integrar o Grupo de Câmara.

Assessoria de Imprensa: CL Assessoria em Comunicação
(31) 3274-8907

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Belo Horizonte, #orappajátávindoaí


Foto: Daniel Klajmic

Banda está em turnê pelo Brasil e chega à capital mineira no dia 5 de novembro
 para única apresentação no Chevrolet Hall

Para o alívio dos fãs, O Rappa está de volta. Após um recesso de quase dois anos, a banda se reúne para a turnê do disco e DVD “Rappa Ao Vivo”. Belo Horizonte é a terceira cidade a receber a apresentação do grupo, que será no dia 5 de novembro - sábado, às 22h30, no Chevrolet Hall (Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 - Savassi - Belo Horizonte).

O álbum ao vivo, gravado na Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, marca uma etapa importante da história d’O Rappa. Após discos de sucesso, hits como “A Feira”, Minha Alma (A Paz que Eu Não Quero)” e covers explosivos como “Hey Joe”, a banda se instalou em uma garagem desativada para capturar a força que poucos grupos conseguem colocar sobre um palco. “Rappa – Ao vivo” traça um panorama da trajetória de sucesso da banda, que é resultado de timbres de Dub, Reggae, Rock, riffs intensos e efeitos que emolduram psicodelia dentro de contornos brasileiros modernos. O pacote sonoro embrulha sentimentos por dias melhores, que caminham sobre mensagens críticas que abordam a realidade brasileira com perspectiva própria. Ao mesmo tempo em que enxerga a vitória do dia a dia de um universo como a Rocinha, esse olhar importa o colorido que só a periferia consegue entregar.

E O Rappa sempre soube disso. Seus integrantes têm lutado contra a desigualdade social, atuando em diversas frentes, seja no financiamento de projetos que estimulem a inclusão de jovens ou no recrutamento de atores de comunidades carentes para participar de seus clipes. E é com essa identidade que a banda cai na estrada. Mapeando seu alcance sobre o território nacional, as primeiras datas do grupo incluem São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e Brasília.

Essas apresentações serão baseadas no conteúdo do “Rappa – Ao Vivo”, e também irão servir de laboratório para um próximo disco, com previsão de lançamento para 2012. Entre os shows, a banda reserva a agenda para novas experimentações em estúdio, reestabelecendo o processo criativo que culminou com alguns dos grandes marcos da música brasileira.

O show d’ O Rappa em Belo Horizonte é uma realização da Tim Soier Promoções, uma das empresas mais conhecidas e respeitadas do showbiz nacional.  

Serviço:
Turnê Rappa – Ao Vivo – Show em Belo Horizonte
Data e horário: 5 de novembro, às 22h30.
Local: Chevrolet Hall - (Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 - Savassi - Belo Horizonte).
Informações para o público: (31) 3209 8989
Valores dos ingressos:
Pista Premium Open Bar (vodka, cerveja, refrigerante e água)
1º lote: R$ 90,00
2º lote: R$ 110,00
3º lote: a definir
Pista/Arquibancada:
1º lote: R$ 60,00 (inteira) / R$ 30,00 (meia-entrada)
2º lote: R$ 70,00 (inteira) / R$ 35,00 (meia-entrada)
3º lote: R$ 80,00 (inteira) / R$ 40,00 (meia-entrada)
4º lote: a definir
Postos de Venda
Bilheterias do Chevrolet Hall
Tickets for Fun - www.ticketsforfun.com.br
Classificação:
Pista Premium: 18 anos
Pista/arquibancada:16 anos – haverá venda de bebidas alcoólicas
Outras informações: (31) 3209-8989
Assessoria de imprensa: CL Assessoria em Comunicação – (31) 3274-8907
Heberton Lopes (31) 9775-8907/heberton@christinalima.com.br
Christina Lima (31)9981-4897/christina@christinalima.com.br

Belo Horizonte sedia Congresso Internacional de Energia Nuclear

Profissionais de vários países se reúnem entre os dias 24 e 28 de outubro no Minascentro

Renomados membros da comunidade científica nacional e internacional desembarcam em Belo Horizonte para discutir o desenvolvimento da tecnologia nuclear no Brasil e no mundo. O encontro será no International Nuclear Atlantic Conference (INAC), entre os dias 24 e 28 de outubro, no Minascentro (Avenida Augusto de Lima, 785, Lourdes). Mais de oito mil pessoas são esperadas durante os cinco dias de evento, para visitar a exposição que será montada celebrando 0s 60 anos da energia nuclear em Minas Gerais e a indústria nuclear brasileira. 
Com o tema “Nuclear Energy: News Jobs for a Better Life” (Energia Nuclear: Novos Trabalhos para uma Vida Melhor), o congresso tem como um de seus objetivos promover interações entre pesquisadores nacionais e internacionais para o aperfeiçoamento da tecnologia nuclear. O evento é promovido pela Associação Brasileira de Energia Nuclear (ABEN) e organizado pelo Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear (CDTN), com apoio da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), Eletrobras–Eletronuclear, INB e empresas do setor e de órgãos de fomento brasileiros.

No período de 24 a 28 de outubro, acontece dentro da programação do INAC:

  • XVII Encontro de Física Nuclear Reator e Hidráulica Técnica – ENFIR
  • X Encontro de Aplicações Nucleares – ENAN
  • II Encontro da Indústria Nuclear – ENIN
  • IV Edição Poster Sessions Jr. Técnico
  • III Seminário de Direito e Regulação Nuclear
  • I Workshop - Supporting the Introduction of Nuclear Energy (ARCAL XCV) IAEA
  • X Exponac – Exposição de Empresas do Setor Nuclear
  • Exposição Histórica Sobre 60  Anos de Energia Nuclear em Minas Gerais -Aberta ao público

O INAC é uma iniciativa multidisciplinar na área nuclear voltada para os interesses de pesquisa e desenvolvimento tecnológicos, em âmbitos nacional e internacional. Importantes discussões entre autoridades da área irão evidenciar a contribuição da tecnologia nuclear na expansão global da demanda por energia elétrica, bem como o aperfeiçoamento de produtos e serviços para a melhoria da qualidade de vida, por meio das aplicações da mesma.

Este ano, o evento comemora o 50º aniversário do IPR-R1 – primeiro reator, vendido para o hemisfério sul e o início das comemorações dos 60º aniversário do CDTN – Centro Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear, fundado em BH e o primeiro do país. O Brasil está entre os três países que, além de possuir reservas de urânio, detém o ciclo completo para o enriquecimento do urânio , ao lado dos Estados Unidos e Rússia. É o sexto produtor mundial de urânio. Na América Latina somente o Brasil e Argentina estão com a energia nuclear desenvolvida. A Argentina inaugurou recentemente o seu terceiro reator e, no Brasil, está em curso a construção de Angra 3.

O público alvo do Congresso são os pesquisadores, professores, técnicos e estudantes ligados a faculdades, universidades, centros de pesquisa e indústria, envolvidos em trabalhos relacionados à área nuclear e cobertos pelos tópicos do evento.

Entre os diversos temas abordados, estarão na programação: o futuro sustentável para a energia nuclear; sua aplicação na medicina e na indústria, proteção contra as radiações, medicina e saúde, ciência dos alimentos, aplicações na agricultura, irradiação de alimentos; a contribuição da tecnologia nuclear nos produtos e serviços para a qualidade de vida de nossa sociedade.

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, está entre os convidados, juntamente com os diretores e presidentes de todos os centros de pesquisas nucleares do país e das indústrias do setor. Durante a programação, o público poderá conferir uma exposição sobre a indústria nuclear, na qual fotos e maquetes dos equipamentos utilizados pelos profissionais da área estarão disponíveis para visitação.

Atualmente, o INAC é estruturado em duas sessões técnicas independentes, que incluem a física de reatores e termohidráulica (ENFIR) e a área de aplicações na área nuclear (ENAN). Em paralelo, ocorrem ainda o Encontro da Indústria Nuclear (ENIN) e uma exposição técnica de pôsteres juniores, na qual estudantes de diversas faculdades e universidades brasileiras apresentam resultados relevantes obtidos em pesquisas, sob a supervisão de profissionais de instituições nucleares brasileiras.

O ENFIR, que será realizado pela 17ª vez, foi criado por pesquisadores brasileiros em função da necessidade da existência de um fórum sobre a física e a termohidráulica de reatores no Brasil e no mundo.

O 100 ENAN cobrirá aspectos relevantes do desenvolvimento das aplicações nucleares, oferecendo aos pesquisadores da área nuclear a oportunidade de apresentar e discutir os resultados de seus trabalhos, junto à comunidade científica nacional e internacional.

O ENIN, que acontecerá pela segunda vez, tem o objetivo de promover a interação dos estudiosos com o crescimento tecnológico da indústria nuclear. O encontro é um fórum apropriado para discutir as tendências e os planos da indústria nuclear, em resposta a um dos maiores desafios da humanidade: promover o progresso e a inclusão social, sem comprometer o equilíbrio ambiental.


Sobre a ABEN

A Associação Brasileira de Energia Nuclear (ABEN) reúne diversos técnicos e pesquisadores do setor nuclear brasileiro. Entre suas atribuições, está a difusão de informações sobre as aplicações pacíficas da energia nuclear em diferentes campos da vida humana, como a geração de energia elétrica, a sua utilização na medicina, na agricultura e no meio ambiente. O trabalho da ABEN tem o objetivo de promover, cada vez mais, uma maior integração entre a comunidade nuclear e a sociedade brasileira.

International Nuclear Atlantic Conference – INAC
Data: 24 a 28 de outubro de 2011
Local: Minascentro -  Avenida Augusto de Lima, 785, Lourdes, Belo Horizonte
As inscrições podem ser feitas pelo site www.inac2011.com.br.

Outras informações: inac@inac2011.com.br ou 3797-1751 / 3797-1869 

Assessoria de imprensa: CL Assessoria em Comunicação – (31) 3274 8907
Heberton Lopes – (31) 9775 8907 / heberton@christinalima.com.br
Christina Lima- (31) 9981 4897 / christina@christinalima.com.br